Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Governo troca presidente do INSS e Rolim vai para Ministério de Onyx

Instituto passa agora a ser presidido por José Carlos Oliveira, que era superintendente regional Sudeste I

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2021 | 11h15

BRASÍLIA - O governo federal exonerou Leonardo Rolim da presidência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o nomeou para a função de secretário de Previdência do Ministério do Trabalho e Previdência, chefiado pelo ministro Onyx Lorenzoni. Com a mudança, o INSS passa agora a ser presidido por José Carlos Oliveira, que era superintendente regional Sudeste I do INSS.

Leonardo Rolim estava à frente do instituto desde janeiro de 2020. Ele entrou no lugar de Renato Vieira, que pediu exoneração do cargo diante da crise de atendimento à população no órgão. Na ocasião, havia uma fila de 1,3 milhão de solicitações de benefícios com a análise atrasada pelo INSS.

Rolim volta para a Secretaria de Previdência - cargo do qual foi titular antes de ir para o INSS e que à época pertencia à estrutura do Ministério da Economia - em substituição a Narlon Gutierre Nogueira, dispensado nesta sexta-feira, 5.

As mudanças estão publicadas no Diário Oficial da União desta sexta em portaria assinada pela Casa Civil da Presidência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.