Governo vai à Justiça para cobrar imposto sobre combustível

O governo decidiu entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir que a Justiça conceda liminares suspendendo a cobrança da Cide, Pis e Cofins sobre os combustíveis. "A decisão política já está tomada", disse o deputado Luciano Zica (PT-SP), após se reunir com o ministro da Fazenda, Antônio Palocci. A ação dever ser ajuizada já na semana que vem.Pelos números oficiais, a Receita Federal perdeu, nos três primeiros meses do ano, cerca de R$ 600 milhões com a indústria de liminares das empresas distribuidoras. Mas Zica estima que essa perda deve ter sido três vezes superior. "O País perde muito dinheiro com as liminares. É visível que os criminosos estão ganhando mais do que o fisco", afirmou.O deputado também conversou com Palocci sobre a necessidade de urgência da aprovação de projeto em tramitação na Câmara dos Deputados que trata da unificação do ICMS para combustíveis. "Precisamos resolver essa questão e barrar as viagens virtuais dos combustíveis, principalmente de álcool e óleo diesel", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.