Governo vai à Justiça para garantir leilão de rodovias

A Advocacia Geral da União (AGU) entrega nesta manhã à presidência do Tribunal Regional Federal (TRF) de Brasília dois recursos para tentar derrubar as liminares concedidas pela juíza Iolete Maria Fialho de Oliveira que ameaçam a realização do leilão de concessão de rodovias, marcado para a próxima terça-feira. Ontem, a juíza expediu uma liminar que impede a entrega das propostas pelos interessados. Pelo cronograma original do governo hoje seria o último dia para apresentação dos envelopes com as ofertas.No início da semana, a mesma juíza apresentou outra liminar que prorrogava o prazo final para entrega das propostas. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já havia recorrido dessa primeira liminar na terça-feira. O recurso está nas mãos do desembargador Fagundes de Deus, do TRF. Segundo a AGU, o novo recurso apresentado hoje contra a primeira liminar é um reforço.Para conseguir realizar o leilão no dia 9, o governo precisa derrubar as liminares até o final da tarde de hoje. Somente assim, conseguirá reabrir amanhã o processo de entrega das propostas, mantendo a data original do leilão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.