finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Governo vai realocar 120 mil pessoas até 2017

O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2012 | 03h05

A China vai realocar até o fim do ano 20 mil pessoas que vivem nos arredores da represa de Três Gargantas e outras 100 mil até 2017 por causa do risco de deslizamentos na maior hidrelétrica do mundo. A agência Xinhua disse que os preparativos já começaram para transferir um quinto dos moradores do condado de Badong, na Província de Hubei, até o fim de 2012. Essas pessoas vivem em casas que estão ameaçadas por causa dos deslizamentos. A agência disse que US$ 87,3 milhões já foram gastos na realocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.