GP planeja investir US$ 150 mi no ramo hoteleiro

O fundo de "private equity" GP Capital Partners IV, L.P., gerido por uma subsidiária integral da GP Investments, pretende investir US$ 150 milhões em companhias administradoras de hotéis, flats e apart-hotéis no Brasil e na América Latina. "Private equity" são fundos que compram participações em empresas.Nos termos do acordo assinado com a Hotéis Luxor, a LAHotels (do grupo GP) irá comprar 100% do controle de dois hotéis no Rio de Janeiro (Luxor Regente e Luxor Continental), além de uma participação de 25% no Hotel Luxor Copacabana, sendo que os três serão administrados pela LAHotels. Os valores envolvidos não foram divulgados.A GP disse que a LAHotels é uma oportunidade para consolidar o mercado hoteleiro do Brasil e para se beneficiar do setor de hotelaria, "que tem demonstrado forte crescimento". A empresa marca o início de atuação no grupo neste ramo de negócio.Segundo comunicado, "além do ambiente macroeconômico favorável (queda das taxas de juros, moeda estável e acesso facilitado a linhas de financiamento), o ganho de eficiência operacional nas propriedades que serão adquiridas e a compressão das taxas de capitalização serão elementos importantes no retorno do investimento no longo prazo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.