Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Grã-Bretanha age em socorro de financeira Northern Rock

Autoridades econômicas da Grã-Bretanhasaíram em resgate da financeira Northern Rock nesta sexta-feiraapós o grupo, que tem emprestado de maneira intensa paracompradores de moradia, cair vítima de um acentuado aumento noscustos de empréstimos entre bancos. Na maior vítima britânica da crise financeira globaldisparada por calotes em empréstimos imobiliários concedidosnos Estados Unidos, filas se formaram nas ruas com clientesesperando para retirar suas economias de agências do NorthernRock. Alguns relatos de confrontos foram registrados emNewcastle, cidade-sede da financeira. O apoio do banco central britânico, que marcou a primeiravez em que a autoridade monetária agiu como fonte emergencialde recursos desde que se tornou independente em 1997, ajudou aresgatar o Northern Rock, que tem sido atingido pela relutânciados bancos em emprestar por conta da crise do crédito nos EUA. O governo britânico informou nesta sexta-feira queautorizou o Banco da Inglaterra a fornecer uma quantia nãoespecificada ao Northern Rock, que obteve a maior parte doscontratos de hipotecas do país no primeiro semestre deste ano. O Banco da Inglaterra, que tem sido criticado por algumasinstituições financeiras por sua resposta às turbulências dosmercados, disse que o Northern Rock tem capacidade de pagamentoe somente precisa de uma ajuda de curto prazo. Mas, mesmo assim, as filas se formaram do lado de fora dasagências da instituição cujo site ficou cheio de correntistastentando transferir seus recursos para outros bancos. O ministro das Finanças, Alistair Darling, disse à rádioBBC que a Northern Rock foi a única instituição que pediu ajudado banco central inglês e afirmou que a economia e o sistemabancário britânicos estão sólidos. "Há muito dinheiro no sistema, os bancos têm dinheiro...eles simplesmente não estão emprestando no curto prazo damaneira como instituições como o Northern Rock precisam", disseo ministro. Apesar de ter pouca exposição ao mercado de créditoimobiliário de alto risco dos Estados Unidos, o Northern Rockprovou-se vulnerável ao aperto na liquidez porque tem uma basede depósitos pequena e até agora vinha obtendo a maior parte deseus recursos no mercado aberto. Os custos de empréstimos interbancários subiu para o nívelmais alto nos últimos nove anos nesta semana. O Northern Rock evitou comentar detalhes sobre o apoiofinanceiro, mas o presidente-executivo da instituição, AdamApplegarth, afirmou a jornalistas que "claramente umaquantidade substancial de fundos foi pedida" e que será cobradoum juro punitivo. A instituição informou que os custos maiores definanciamento e uma decisão de contenção nos empréstimos deveafetar o seu lucro em 2007 e 2008 e que poderá haver demissõesna sua força de trabalho de 6.500 funcionários. As ações da Northern Rock encerraram o dia com baixa de31,4 por cento. No ano, o papel perdeu cerca de 50 por cento deseu valor.

STEVE SLATER, REUTERS

14 de setembro de 2007 | 14h20

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSNOTHERNROCKCRISE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.