Grã-Bretanha enfrenta lenta recuperação, diz BC

A economia da Grã-Bretanha provavelmente começou a crescer novamente, mas a recuperação será lenta e os riscos para a inflação são de baixa, afirmou o presidente do Banco da Inglaterra, Mervyn King, nesta terça-feira.

REUTERS

15 de setembro de 2009 | 07h29

"As quedas na produção de forma geral chegaram ao fim e estamos começando a ver alguns sinais muito pequenos de crescimento positivo", disse King ao Comitê do Tesouro do parlamento.

"É importante lembrar que as taxas muito pequenas de crescimento positivo ou as pequenas quedas de produção em outros países no segundo trimestre e provavelmente no terceiro, são realmente muito pequenas em comparação com o forte recuo da produção que ocorreu no fim do ano passado e início deste ano."

Assim, ainda há um longo caminho a percorrer antes de o crescimento voltar para onde estava, acrescentou ele.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBOERECUPERACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.