Grã-Bretanha tem pior crise em 60 anos, diz ministro

Alistair Darling, da pasta da Fazenda, diz que fase será 'profunda e duradoura'.

Da BBC Brasil, BBC

30 de agosto de 2008 | 03h03

A Grã-Bretanha enfrenta a sua pior crise econômica dos últimos 60 anos, admitiu o ministro da Fazenda, Alistair Darling, em entrevista na edição deste sábado do jornal britânico The Guardian.Segundo Darling, esta crise econômica poderá ser "mais profunda e duradoura" do que a maioria das pessoas temia e é a pior desde o fim da Segunda Guerra Mundial.O ministro britânico reconheceu que os eleitores estão furiosos com a forma com que o Partido Trabalhista, no governo, está manejando a economia - tema-chave nas próximas eleições. Darling indicou que é "absolutamente imprescindível" que os ministros comuniquem melhor suas intenções.O repórter da BBC, David Thompson, disse que Darling usou uma linguagem "surpreendente" e "escandalosamente sincera" em relação à economia e à percepção que a opinião pública tem do governo britânico.Pacote"Os próximos 12 meses serão os mais difíceis que o Partido Trabalhista terá em uma geração, francamente", afirmou.O governo britânico deve anunciar um pacote de medidas para estimular o debilitado mercado imobiliário do país na semana que vem.O ministro vem sendo criticado por enviar mensagens contraditórias sobre possíveis medidas para ajudar pessoas que pretendem comprar casa própria.Os preços dos imóveis estão registrando o seu ritmo mais acelerado de queda dos últimos 18 anos, em meio a temores de uma onda de inadimplências.A crise de retração de crédito reduziu acentuadamente a concessão de empréstimos para a compra de moradias, e há indicações de que a economia pode entrar em recessão em um futuro próximo.O Partido Trabalhista está à frente do governo britânico há 12 anos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.