Graça foi reeleita presidente da Petrobrás no dia da exoneração de Cerveró

Informação consta em ata; empresa diz que 'não foi necessária a comunicação ao mercado' anteriormente  

Antonio Pita, da Agência Estado,

29 de abril de 2014 | 19h56

RIO - No mesmo dia em que Nestor Cerveró foi exonerado da diretoria financeira da BR Distribuidora, em março, o conselho de Administração da Petrobrás aprovou por unanimidade a reeleição da presidente Graça Foster ao cargo e da manutenção da Diretoria Executiva da empresa, por mais três anos. Apenas o diretor de engenharia, José Figueiredo, recebeu um voto contrário à recondução.

A revelação da reeleição da diretoria e da presidente Graça Foster, reconduzida ao cargo por três anos, consta na Ata do Conselho de Administração da empresa, divulgada segunda-feira, 28. Normalmente, a empresa comunica via imprensa e documentos oficiais as eleições dos membros da diretoria, dos conselhos e da presidência. Não foi o que aconteceu.

A Petrobrás alega que "não foi necessária a comunicação ao mercado." A ata da reunião, diz, "foi arquivada, na forma de Extrato, na Junta Comercial do Rio de Janeiro e publicada no Diário Oficial do Estado". O documento afirma que todos os membros da diretoria executiva têm mandato até março de 2017.

O diretor de engenharia, José Figueiredo, foi o único que recebeu um voto contrário à sua recondução ao cargo. O autor do voto foi o ex-representante dos trabalhadores no colegiado, José Maria Rangel. "Não me senti confortável em votar nele", explicou Rangel, que desde o último dia 2 não é mais conselheiro da empresa.

Segundo ele, entretanto, o desconforto não está relacionado a denúncias de corrupção, "uma vez que ainda não há nada provado".

"Meu voto foi contrário pois acredito que ele é um dos executivos que mais incentiva que as novas plataformas deixem os estaleiros sem que estejam prontas para os padrões operacionais da Petrobrás", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.