Graça: Petrobras já tem orçamento definido para leilões

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, afirmou nesta quinta-feira que a companhia já tem um orçamento definido para participar dos dois leilões de áreas exploratórias que serão realizados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) no ano que vem. Ela disse que há seis meses a empresa já trabalha na preparação para as disputas e que o anúncio do leilão na terça-feira não foi uma surpresa.

SABRINA VALLE, Agencia Estado

20 de setembro de 2012 | 16h45

"Temos um plano de negócios de gestão com a previsão para participar dos leilões, tanto o de maio quanto o de novembro", disse, ao chegar na Rio Oil & Gas. Graça confirmou que existe um orçamento específico, mas não informou o montante.

A presidente da Petrobras esteve em Brasília na segunda-feira e na quarta-feira (19), quando compareceu a audiência na Câmara de Deputados. A executiva disse que, nas 4 horas e meia em que esteve na Câmara, sentiu uma motivação geral para que o impasse sobre a Lei dos Royalties seja resolvido.

Graça disse que não conversou diretamente com deputados sobre o assunto, mas se mostrou esperançosa com a aprovação dentro de prazo adequado para que o leilão de maio não seja adiado.

A Petrobras está agora estudando a capacidade de investimento nos dois leilões, diante dos programas exploratórios mínimos que são requisitado pelo regulador. "Faremos uma análise de risco apurada para que não estressemos o nosso investimento de forma alguma", disse, ao ser perguntada sobre se o grande volume de investimentos comprometidos da Petrobras poderia limitar a capacidade de investimento da empresa.

"No geral, acho que há uma satisfação enorme com a realização dos leilões. A Petrobras está muito satisfeita, entende que está na hora de acontecer", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Petrobrasleilõesorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.