Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Gradiente negocia venda de fábrica para equilibrar contas

A Gradiente negocia a venda de uma unidade de produção na Zona Franca de Manaus para a Moto Honda da Amazônia. A fabricante de motocicletas, que deve ampliar em quase 20% a produção neste ano, chegando a 1,350 milhão de unidades, confirma que está em negociações para adquirir uma das fábricas da Gradiente. Fontes do mercado dizem, no entanto, que a transação já teria sido concluída há um mês. A Gradiente informa que desconhece a transação e que não comenta o assunto.A venda de uma das unidades da Gradiente é mais um esforço da empresa para equilibrar suas contas e reduzir a sua dívida. Na semana passada, a empresa confirmou a venda da marca Philco, adquirida em agosto de 2005 do Grupo Itautec por R$ 60 milhões, para um fundo de investidores estrangeiros com capital chinês. O valor do negócio informado pela companhia foi de R$ 22 milhões. No mês passado, a Gradiente teve de suspender parcialmente a produção de TVs em Manaus por problemas financeiros. Dados do balanço publicado em dezembro de 2006 mostram que a empresa teve um prejuízo de R$ 114,48 milhões. No ano passado, a receita líquida da companhia foi de R$ 1,381 bilhão.Em entrevista concedida ao Estado há 20 dias sobre as dificuldades enfrentadas pela companhia, o vice-presidente Eugênio Staub Filho disse que a empresa planejava vender ativos. Segundo ele, a Gradiente comprou muitos bens nos últimos anos. E agora, "visando a adequação deste acervo às suas necessidades operacionais, iniciou no começo do ano um programa de redução e venda de ativos excedentes, que incluem principalmente, imóveis!". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.