Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Grande SP tem maior índice de desempregados desde 1985

O desemprego na região metropolitana de São Paulo atingiu em abril o índice de 20,6% da População Economicamente Ativa (PEA), com um contingente de 1,94 milhão de desempregados. É o maior índice desde 1985, quando a Pesquisa de Emprego e Desemprego começou a ser realizada pela Fundação Seade em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese). Pelo levantamento, houve um acréscimo de 110 mil pessoas em abril no contingente de desempregados, além de 129 mil pessoas à PEA. Em março deste ano, o índice de desemprego tinha ficado em 19,7% da PEA, enquanto que em abril de 2002, atingiu 20,4%. A pesquisa indica ainda que apenas 56 mil vagas foram criadas entre abril de 2002 e abril de 2003, enquanto que 93 mil pessoas ingressaram no mercado de trabalho no mesmo período. Por setores, o segmento industrial abriu 3 mil vagas, uma relativa estabilidade, enquanto que o comércio eliminou 49 mil ocupações e serviços gerou outros 3 mil vagas. Além disso, houve expansão de 62 mil contratações em outros setores, especialmente na área de serviços domésticos. Em relação aos rendimentos, houve uma queda dos salários dos ocupados de março pagos em abril em 3,9%, com um rendimento médio de R$ 857. Entre os autônomos, essa retração foi de 6,6%, com um rendimento médio de R$ 609.

Agencia Estado,

28 de maio de 2003 | 10h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.