Grécia acelera obras de infraestrutura para reanimar a economia

Segunda leva de investimentos em um mês, que inclui projetos de metrô, quer impulsionar crescimento

Renan Carreira, da Agência Estado,

28 de agosto de 2012 | 14h24

ATENAS - A Grécia informou hoje que vai acelerar uma série de grandes projetos em infraestrutura para ajudar a impulsionar o investimento e melhorar a economia, como parte dos esforços do país para voltar a crescer e proteger seu futuro na zona do euro.

O ministro do Desenvolvimento grego, Costis Hatzidakis, anunciou uma segunda leva de iniciativas de investimento em um mês, com várias medidas focadas em novos projetos de infraestrutura de transporte, que devem impulsionar o desenvolvimento.

Entre eles, uma gradual extensão da rede de metrô de Atenas a partir do próximo ano até 2017, conectando o sistema de trem da capital à cidade portuária de Piraeus, bem como uma expansão da rede ferroviária suburbana e dos portos regionais de Patras, Igoumenitsa e Lavrion.

Os esforços também serão feitos a fim de acelerar a conclusão de uma nova rede de metrô na cidade de Thessaloniki. O projeto tem sido atrasado por causa de um grande número de descobertas arqueológicas durante o processo de construção, disse o ministro. A conclusão do projeto está prevista para novembro de 2016.

"Queremos promover o desenvolvimento e melhorar a qualidade de vida de nossos cidadãos", disse Hatzidakis, ao divulgar o novo plano de dez pontos que visa a modernizar a infraestrutura do país, bem como reforçar o desenvolvimento e a competitividade.

Hatzidakis acrescentou que uma série de estradas e rodovias pelo país será concluída ao longo dos próximos anos e reiterou que os planos para a construção de um novo aeroporto em Heraklion, na ilha de Creta, são prioritários. Ele também disse que uma modernização do aeroporto de Macedônia, em Thessaloniki, deve ser concluída no fim de 2015.

Também há planos de estender as redes digitais pelo país e pelas ilhas, além de mais iniciativas público-privadas, bem como criar zonas econômicas especiais com incentivos fiscais e administrativos, que vão ajudar a atrair investimentos. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
Greciainfraestruturacrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.