Grécia contesta dados de revista alemã sobre déficit

O Ministério das Finanças da Grécia desmentiu a reportagem de uma revista alemã que diz que o país precisa cobrir um rombo de 20 bilhões de euros em seu orçamento, cerca do dobro da estimativa anterior, com objetivo de cumprir as condições dos credores internacionais.

AE, Agencia Estado

23 de setembro de 2012 | 18h30

A quantia foi citada na revista Der Spiegel atribuída a resultados preliminares da troica, composta pela Comissão Europeia (CE), Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI), que está em Atenas.

Em uma nota informal, o ministério grego negou o conteúdo da publicação, citando que déficit orçamentário do país está calculado em 13,5 bilhões de euros e que isso, depois de um acordo com a troica, seria coberto por 11,5 bilhões de euros em cortes de gastos e 2 bilhões de euros em receitas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaDéficitDer Spiegel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.