Grécia deve aprender com o Brasil, diz 'FT'

LONDRES

Daniela Milanese, O Estado de S.Paulo

26 de agosto de 2010 | 00h00

A Grécia deveria aprender lições com o Brasil para sair da crise, diz artigo do Financial Times (FT). "Para uma lição de como um governo de centro-esquerda pode transformar austeridade fiscal em ganho político, (o primeiro-ministro grego George) Papandreou poderia olhar ao outro lado do Atlântico, para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Brasil", afirma o FT.

O jornal lembra que Lula assumiu o governo em meio a uma crise de confiança que abalou fortemente o mercado de crédito e gerou pânico sobre a possibilidade de um default iminente. Agora, o presidente deixará o cargo "num exuberante e antes inimaginável brilho de popularidade".

"Com base no trabalho iniciado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso", diz o FT, "Lula adotou a austeridade, definindo uma meta de superávit ainda mais severa do que a exigida pelo FMI". Os oito anos de governo formam "raro caso de sucesso da social-democracia na América Latina".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.