Grécia espera captar de US$ 5 bi a US$ 10 bi com bônus, diz fonte

Autoridade do governo diz que é hora de diversificar e fazer emissões em dólar 

Danielle Chaves, da Agência Estado,

31 de março de 2010 | 10h53

A Grécia espera levantar entre US$ 5 bilhões e US$ 10 bilhões em uma emissão de bônus globais em abril ou no começo de maio, com um roadshow nos EUA planejado para em torno de 20 de abril e outro na Ásia perto do dia 27. As informações são de uma autoridade do governo grego.

 

"Nós queremos diversificar nossa emissão. Até agora, a vasta maioria das emissões foram em euros. Nós agora vamos fazer uma emissão em dólar com roadshows nos EUA e na Ásia e esperamos levantar entre US$ 5 bilhões e US$ 10 bilhões", disse a fonte. "O roadshow faz sentido porque um pequeno volume de papéis gregos está em mãos de investidores dos EUA e menos ainda com investidores da Ásia", acrescentou.

 

O ministro de Finanças da Grécia, George Papaconstantinou, vai liderar os roadshows, que provavelmente acontecerão em Nova York e na costa Oeste dos EUA, em Tóquio, Pequim, Xangai e talvez Cingapura. Segundo a fonte, a Grécia precisa tomar emprestados cerca de 11,5 bilhões de euros até o fim de maio.

 

Os roadshows estavam programados para meados de fevereiro, mas foram adiados porque Atenas queria primeiro garantir uma linha de crédito da União Europeia. Após muitas negociações, a UE chegou a um acordo na semana passada para um plano de suporte à Grécia caso o país precise.

 

A Grécia levantou 20,39 bilhões de euros por meio de vendas de bônus até agora neste ano, enquanto suas necessidades totais de empréstimos são estimadas em 54 bilhões de euros. Os custos de refinanciamento de dívida em abril e maio somam quase 23 bilhões de euros.

 

Os yields sobre os bônus gregos de 10 anos excederam 6% hoje e continuam sendo mais do que o dobro dos bônus soberanos alemães equivalentes. Os bônus em euros de sete anos foram lançados com sucesso na segunda-feira, mas fracassou em atrair um interesse significativo. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciaemissãobônus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.