Grécia pede que Abu Dabi invista em fundo de desenvolvimento

Emirados Árabes também podem cooperar nos setores de energia renovável, turismo e infraestrutura

Danielle Chaves, da Agência Estado,

23 de fevereiro de 2010 | 10h52

A Grécia pediu que Abu Dabi invista em um fundo de desenvolvimento grego durante visita do ministro da Economia e Concorrência Luka Katselis ao emirado rico em petróleo. "O objetivo do ministério é que Abu Dabi assuma parte do capital do Fundo de Desenvolvimento Helênico, junto com o Banco Europeu de Investimento e outras organizações financeiras internacionais", disse o ministério em um comunicado.

 

Katselis se reuniu com o primeiro-ministro dos Emirados Árabes unidos, xeque Mohammed bin Zayed, para discutir "possibilidades para cooperação bilateral nos setores de energia renovável, turismo e infraestrutura", afirma o comunicado. Abu Dabi é o mais rico dos sete Estados que compõem os Emirados Árabes Unidos. As informações são da Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.