Grécia quer aprovar reformas até meados de abril, antes das eleições

Mudanças na legislação são precondição para o recebimento do novo resgate

Renan Carreira, da Agência Estado,

27 de março de 2012 | 13h30

ATENAS - O governo interino da Grécia planeja aprovar as partes finais da legislação, que são uma precondição para o recebimento do novo resgate, até meados de abril e pavimentar o caminho para as eleições nacionais, disse nesta terça-feira Pantelis Kapsis, porta-voz do governo.

Kapsis disse que o Parlamento ainda tem de votar uma legislação implementando novas leis que regem as questões trabalhistas, de transportes e programadas destinados a aumentar o investimento no país. "Tudo deve ser votado até a terça-feira antes da Páscoa", afirmou Kapsis. A Grécia vai celebrar a Páscoa ortodoxa no domingo, dia 15 de abril, uma semana após a Páscoa católica.

Kapsis

não deu data específica para as eleições, mas reiterou comentários anteriores sobre a votação ser realizada em 29 de abril, 6 de maio ou 13 de maio. As informações são da Dow Jones.
Tudo o que sabemos sobre:
Gréciaresgatefundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.