Greenspan: crise de crédito deve desacelerar economia

É quase certo que o efeito do aperto no crédito sobre a economia dos EUA vai ser observado no atual trimestre, disse o ex-presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) Alan Greenspan em entrevista à rede americana CNBC. Greenspan disse que, embora o aperto no crédito tenha diminuído, seu impacto sobre importantes taxas de juros terá um efeito residual e "vai desacelerar a economia até um certo ponto". Ele disse que, embora não tenha sido observado nos dados do terceiro trimestre, "estamos quase certos de que vamos ver (o efeito do aperto no crédito) no próximo trimestre". Contudo, Greenspan acrescentou que as probabilidades de uma recessão "ainda são menos de 50/50", ou seja, menores que 50%. As informações são da Dow Jones.

SUZI KATZUMATA, Agencia Estado

15 de outubro de 2007 | 18h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.