Greve bancária pode influenciar dados de crédito, diz BC

A greve dos bancos poderá contribuir para o aumento da taxa média de juros bancários apurada pelo Banco Central no mês de setembro, segundo comentou o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel. O dado será divulgado pela instituição no final do próximo mês. A paralisação pode influenciar ainda os dados de inadimplência.

EDUARDO CUCOLO E CELIA FROUFE, Agencia Estado

26 de setembro de 2012 | 17h44

Maciel lembrou que, no ano passado, os dados de outubro refletiram o efeito da greve naquele mês. Na época, a instituição explicou que a greve restringiu parcialmente o acesso aos serviços bancários, afetando, principalmente, o crédito a pessoas físicas, em particular o crédito pessoal e o consignado, que são as linhas mais baratas. Isso elevou a demanda por modalidades pré-aprovadas, como cheque especial. O BC divulgou nesta quarta-feira (26) dados parciais de crédito até dia 14, mas a greve só começou no dia 18 deste mês.

Tudo o que sabemos sobre:
grevebancáriosBCdadoscrédito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.