Mariana Bazo/Reuters
Mariana Bazo/Reuters

Greve de funcionários da Lan deve atingir voos domésticos e internacionais no Chile

Sindicato que representa os profissionais de manutenção da Lan Express exigem melhorias salariais; aumento desejado seria de 9,0%, bem acima dos 3,5% oferecidos pela empresa

O Estado de S. Paulo

09 de abril de 2015 | 07h47


A greve de trabalhadores da companhia aérea chilena Lan, prevista para começar nesta quinta-feira, deve atingir voos domésticos e internacionais no Chile.

O sindicato que representa os profissionais de manutenção da Lan Express exige melhorias salariais. Segundo Eric Arce, secretário da organização, a exigência é de um aumento de 9,0%, bem acima dos 3,5% oferecidos pela empresa.

Em comunicado, a Lan disse que vai tentar minimizar os efeitos da paralisação em suas operações. A empresa faz parte do grupo Latam, que surgiu em 2012 após uma fusão com a brasileira Tam, resultando no maior companhia aérea da América Latina. / FONTE: ASSOCIATED PRESS

Mais conteúdo sobre:
lanchileaviação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.