Greve dos funcionários do INSS em SP é parcial

Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizam nesta quarta-feira uma paralisação no Estado de São Paulo. Segundo o serviço de comunicação social do instituto, a paralisação dos funcionários no Estado é parcial. Balanço realizado pelo órgão dá conta de que das 27 agências na capital paulista 11 estão com atendimento normal, em cinco é parcial e 11 estão sem atender. Na Grande São Paulo, das 16 agências, cinco funcionam normalmente e 11 não atendem. Já no interior do Estado, que possui 127 agências, em 88 delas o atendimento é normal, 18 funcionam parcialmente e em 20 não há atendimento. Em Itapeva, onde há uma unidade do INSS, é feriado municipal. O INSS adverte que, mesmo nas agências em que há paralisação de servidores, as perícias médicas marcadas para esta quarta-feira estão sendo realizadas. Portanto, os segurados que tenham exame pericial agendado a partir desta quarta podem comparecer no local e hora marcados, pois os exames estão garantidos. Já as pessoas que não puderam passar pela perícia médica durante a greve dos peritos, que ocorreu de 13 a 19 deste mês, devem procurar as agências do INSS a partir de segunda-feira, dia 25, para remarcar o serviço. Segundo a comunicação social do INSS, os médicos peritos já estão trabalhando normalmente, após o término da greve com a assinatura de um acordo entre o instituto e a Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.