Greve na Receita prejudica exportação de máquinas

A paralisação dos auditores fiscais e servidores da Receita Federal já provocou perdas de US$ 2,7 bilhões nas exportações de máquinas e equipamentos, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).Dos entrevistados, 63,6% afirmaram ter dificuldades de cumprir os prazos dos contratos de vendas internacionais. Segundo a entidade, os atrasos prejudicam a imagem do Brasil no mercado externo, dificultando o fechamento de novos negócios de longo prazo. Na produção, o impacto foi de US$ 1,5 bilhão, principalmente por causa das dificuldades na liberação alfandegária de insumos importados.A entidade, que representa 4,5 mil fabricantes de bens de capital mecânicos no País, encaminhou ofício ao secretário da Receita Federal, Jorge Antonio Rachid, em 30 de julho, pedindo a criação de um regime excepcional de liberação automática dos processos de exportação e importação de mercadorias dos fabricantes de máquinas e equipamentos cadastrados no Siscomex.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.