Greve nas obras de usinas do Madeira pode acabar amanhã

O administrador do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero), Anderson Machado, afirmou que a greve no canteiro de obras das hidrelétricas Jirau e Santo Antônio, do Rio Madeira (RO), decretada terça-feira por tempo indeterminado, pode ser suspensa amanhã. Segundo ele, o Sindicato da Construção Pesada do Estado de Rondônia (Sinicon) concordou em negociar todas as cláusulas da pauta de reivindicações dos funcionários das usinas.

WELLINGTON BAHNEMANN, Agencia Estado

10 de setembro de 2009 | 19h35

Machado disse que o acerto ocorreu hoje após reunião intermediada pelo Ministério do Trabalho e Emprego. "Consideramos que foi uma vitória a abertura das negociações", afirmou. Após esse acerto, o tema será deliberado em assembleia dos trabalhadores amanhã. O Sinicon representa nas negociações as concessionárias Santo Antônio Energia (Santo Antônio) e a Energia Sustentável do Brasil (Jirau).

Tudo o que sabemos sobre:
grevehidrelétricasRondônia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.