Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Greve no Banco Central pode acabar na próxima quarta

Iniciada no último dia 16, a greve dos funcionários do Banco Central (BC) deverá ser encerrada na próxima quarta-feira. Isso porque foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União o texto da Medida Provisória (MP) que garante o reajuste salarial de 10%, acertado na campanha salarial do ano passado. A decisão sobre a continuidade do movimento será tomada às 16 horas, quando haverá uma nova assembléia dos servidores do banco. "Tudo vai depender da categoria. Mas é provável que a greve acabe", disse o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do BC (Sinal) em Brasília, Paulo Calovi. Os trabalhadores, entretanto, estão divididos. A MP, de acordo com um sindicalista, não atendeu uma reivindicação do pessoal de nível técnico do banco, que reivindica a adoção de um plano de modernização da carreira. Na visão dos técnicos, a paralisação não poderá acabar sem o atendimento deste item da pauta de reivindicações. Entres os analistas com nível superior do BC, a tendência é de votar mesmo pelo fim da greve. Para esta parte do funcionalismo, a questão dos técnicos poderia ser discutida durante a tramitação da MP no Congresso Nacional.

Agencia Estado,

30 de maio de 2006 | 10h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.