Greve paralisa 77 agências do BB em SP, diz sindicato

As 77 maiores agências do Banco do Brasil (BB) da capital paulista paralisaram suas atividades hoje, segundo dia de greve dos funcionários da instituição. A informação é do Sindicato dos Bancários de São Paulo, que constata 70% de adesão dos 6 mil trabalhadores do banco no município. De acordo com o sindicato, a tendência é de aumento da paralisação no decorrer desta quarta-feira. Às 16 horas de hoje, os funcionários realizam nova assembléia, na capital paulista, para decidir se haverá ou não continuidade do movimento. Além de São Paulo, Rio e Brasília, onde a greve teve início ontem, novos Estados aderiram à paralisação nesse segundo dia de reivindicação por reajuste e reposição salarial.Ainda de acordo com o sindicato, os trabalhadores do BB do Rio Grande do Sul, Paraná, Alagoas, Espírito Santo, Pará, Amapá, Maranhão e Mato Grosso aderiram à paralisação hoje. CaixaA adesão à greve dos funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) aumentou nesta quarta-feira, segundo o sindicato. Ontem, apenas as cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Cuiabá ingressaram no movimento. Hoje, as agências da CEF também estão paradas em Brasília e cidades do Maranhão, Espírito Santo, Pará e Amapá. Os trabalhadores da instituição financeira de São Paulo, Pernambuco, Acre e Ceará decidem hoje se a partir de amanhã aderem à greve, de acordo com informação do sindicato da categoria na capital paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.