Gros não descarta novo aumento de combustíveis

O presidente da Petrobras, Fransisco Gros, negou um aumento imediato dos preços dos combustíveis, mas admitiu a possibilidade de que isso venha a ocorrer num futuro próximo. "Nesse momento, ou seja, hoje, eu posso garantir que não haverá aumento, mas amanhã e depois vai depender da nossa avaliação diária", disse Gros, que participa de seminário promovido pelo Latibex, em Madri. "Os preços são livres e a Petrobras acompanha diariamente os fatores que determinam a variação dos custos", acrescentou. Ele salientou que a estatal produz dezenas de produtos, cada um deles com fatores de preços específicos. Durante a sua palestra no seminário, Gros procurou afastar temores de que a mudança no comando da Petrobras, no futuro governo, possa prejudicar a empresa. "Tenho absoluta confiança de que a Petrobras continuará sendo empresa eficiente e rentável para seus acionistas", afirmou.Na semana passada, Gros tinha sido taxativo ao descartar qualquer aumento no preço dos combustíveis, afirmando que isso tinha sido feito no começo do mês. Questionado sobre isso, ele negou ter mudado o tom. "Na semana passada eu também me referia ao dia em que eu estava falando".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.