Grupo Abril vende 13% do capital para fundo dos EUA

O Grupo Abril confirmou na noite desta quarta-feira que vendeu uma participação de 13,8% do seu capital ao Capital Group, terceiro maior fundo de investimentos dos EUA. A injeção de recursos no grupo editorial será de R$ 150 milhões. Segundo nota da assessoria da Abril, os recursos serão "utilizados para recompor o capital de giro e no abatimento da dívida, além de deixar a empresa preparada para eventuais novos investimentos". Os fundos da Capital farão parte do conselho de administração da empresa.A nota informa que o presidente e editor do Grupo Abril, Roberto Civita, considerou o negócio "histórico". "A entrada desse recurso se soma a todo o esforço que temos feito para equacionar a nossa dívida nos últimos anos", diz Civita na nota.O presidente da Abril diz que o grupo é o primeiro no setor de comunicação a "utilizar uma lei que tem como objetivo não apenas a manutenção da independência dos meios de comunicação do Brasil, mas também a construção de uma indústria editorial forte, com empresas sólidas, verdadeiramente comprometidas com a consolidação da democracia e da livre iniciativa no país?.A negociação começou a cerca de uma ano, informa a assessoria. O Capital Group administra mais de US$ 290 bilhões em ativos na Ásia, Europa e mercados emergentes. Em 2003, a Abril informou um Ebitda (lucros antes dos juros, impostos, depreciações e amortizações) de R$ 343,3 milhões, um aumento de 43,7% em relação aos R$ 238,9 milhões de 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.