Grupo Alimentação desacelera alta no IPCA-15 de abril

Os gastos com Alimentação e Bebidas reduziram o ritmo de alta na passagem de março para abril, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15). A taxa de variação diminuiu de 1,40% para 1,00% no período, mas ainda foi o maior resultado por grupo no indicador de inflação deste mês, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

DANIELA AMORIM, Agencia Estado

19 de abril de 2013 | 09h48

O tomate intensificou a alta, os preços saíram de uma alta de 9,99% em março para 16,62% em abril. No entanto, houve desaceleração em itens como a cenoura (de 24,29% em março para 7,62% em abril), o feijão carioca (de 11,68% para 7,28%), o feijão preto (de 2,31% para 0,31%) e a farinha de mandioca (de 5,72% para 3,44%).

Houve deflação ainda no óleo de soja (de -0,96% para -3,39%), carnes (de -0,62% para -2,58%) e frango (de 1,80% para -2,04%).

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIPCA-15abrilalimentação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.