bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Grupo do ES vai construir shopping em Guarulhos

O grupo capixaba Sá Cavalcante, com negócios nas áreas imobiliária, de alimentação e de comunicação, vai estrear no mercado paulista com a construção de um shopping center em Guarulhos (SP). O empreendimento de R$ 110 milhões, planejado pela companhia desde 2006, foi garantido por um financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e começa a ser construído em maio. Até entrar em operação, em 2010, o projeto deve criar 4 mil empregos na região."Guarulhos será nossa porta de entrada no mercado de São Paulo, desejado por dez entre dez empresários do País", diz o diretor institucional Ilídio Salvador Ferreira Filho. A cidade da região metropolitana de São Paulo foi escolhida, segundo ele, pelo tamanho de sua economia e população (1,3 milhão de habitantes). A Sá Cavalcante tem shoppings nas cidade de Vila Velha (ES) e Rio de Janeiro, e outros dois em construção em São Luís (MA) e Serra (ES).A empresa aproveitará uma construção inacabada e abandonada há 20 anos na zona leste de Guarulhos para construir o shopping. Serão cerca de 300 lojas - C&A, Riachuelo e Lojas Americanas são possíveis âncoras. Os empreendedores também procuram uma rede de supermercados local para compor o empreendimento. Além disso, também será erguida, ao lado do shopping, uma torre de escritórios. Segundo o diretor institucional do grupo, a crise financeira global não atrasou o projeto. "O financiamento com o BNDES correu normalmente e os últimos alvarás para dar início à construção estão sendo emitidos", afirma. De acordo com Ferreira Filho, além do empréstimo do banco estatal, serão usados recursos próprios na construção do novo centro comercial. O capital da empresa responderá por 30% do investimento total.A partir do empreendimento em Guarulhos, a Sá Cavalcante pretende explorar outras oportunidades no mercado paulista, diz o executivo. "Estamos montando um escritório em São Paulo para procurar outros negócios." Além dos shoppings, o grupo administra franquias de restaurantes, como Bob?s e Spoleto, no Espírito Santo, uma incorporadora imobiliária e uma retransmissora de TV.

Marianna Aragão, O Estadao de S.Paulo

12 de fevereiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.