Grupo EBX abre empresa nos Estados Unidos

Segundo Eike Batista, objetivo é ficar mais perto dos investidores estrangeiros e prospectar novos negócios

Nicola Pamplona, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2011 | 00h00

O grupo EBX, controlado pelo empresário Eike Batista, anunciou ontem a abertura de uma empresa nos EUA, chamada EBX Internacional, com sede em Nova York. Segundo comunicado oficial, o objetivo é estreitar relações com investidores americanos, da Europa e da Ásia, além de prospectar novas oportunidades de negócio no exterior.

A filial será comandada por Peter Nathanial, que fez carreira no Citigroup e passou pela Impala Partners e pelo The Royal Bank of Scotland Group. Nathanial era membro independente do conselho de administração da MMX desde 2006. O escritório contará ainda com o executivo Marcelo Horcades Coutinho, que já passou pelos bancos Chase Manhattan, Garantia, Icatu, Tendência e Tática Asset.

"Com a criação da EBX Internacional e abertura do escritório em Nova York, vamos ficar ainda mais próximos dos investidores globais. Estamos avançando no mercado internacional para identificar novas oportunidades de negócios, com projetos diferenciados, eficientes e sintonizados com o que há de melhor no mundo", disse em nota o presidente da EBX, Eike Batista.

O grupo EBX já tem negócios no exterior por meio das empresas OGX, de petróleo e gás, que atua na Colômbia; MMX, de mineração, que tem uma mina no Chile; e MPX, da área de energia, que tem atividades nos dois países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.