carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Grupo Gerdau vai investir US$ 6,4 bilhões até 2010

A Gerdau, maior grupo siderúrgico brasileiro, anunciou ontem durante a apresentação do balanço financeiro de 2007 o plano de investimentos para o triênio 2008-2010. A nova previsão da companhia é aplicar US$ 6,4 bilhões no período. No ano passado, quando anunciou o plano para o triênio 2007-2009, o aporte era de US$ 4 bilhões.A forte demanda por produtos siderúrgicos no mundo (mesmo diante das turbulências no mercado internacional) é a principal justificativa para a decisão. Segundo André Gerdau Johannpeter, sucessor de Jorge Gerdau na presidência da companhia, a rentabilidade na siderurgia mantém-se em níveis suficientemente atrativos para continuar a atrair capital.A maior parte dos recursos anunciados ontem deverá ser alocada no Brasil, mercado onde o crescimento em 2007 foi de 15%. Segundo Johannpeter, a previsão é que US$ 4,4 bilhões sejam investidos no País e o restante, US$ 2 bilhões, no exterior, principalmente nas novas unidades adquiridas pelo grupo no ano passado. Em aquisições, a companhia gastou no ano passado US$ 4,8 bilhões.O grupo voltou a salientar sua condição de consolidador do setor siderúrgico internacional. Johannpeter disse que a disposição para novas compras ao redor do mundo continua, mesmo diante da perspectiva de elevação do preço dos ativos siderúrgicos. "Os ativos estão ficando caros, mas fazer o quê? O importante é que a rentabilidade da siderurgia continua boa o suficiente para justificar a manutenção do processo de aquisições", explica. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

14 de fevereiro de 2008 | 10h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.