Grupo HSBC lucrou US$ 15,789 bilhões em 2006

O HSBC, o maior banco da Europa e o terceiro do mundo por capitalização, obteve um lucro atribuído de US$ 15,789 bilhões em 2006, o que representa uma alta de 4,7% emrelação aos US$ 15,018 bilhões do ano anterior, informou nesta segunda-feira, 5, a companhia.Assim, o HSBC se transforma no único dos cinco grandes bancos britânicos a não aumentar seu lucro em dois dígitos, devido ao prejuízo que seu negócio de créditos hipotecários sofreu nos Estados Unidos.O lucro antes de impostos na América do Norte, que representa 21% do grupo, caíram 26,71%, a US$ 4,668 bilhões, contra os US$ 5,915 bilhões do ano anterior.O presidente da companhia, Stephen Green, explicou em comunicado que a divisão de empréstimos hipotecários nos Estados Unidos (Mortgage Services) registrou um nível de moras "muito maior" do que se esperava."Estamos reestruturando este negócio para que a concentração de risco dos dois últimos anos não volte a se repetir" com mudanças na gestão e "fortalecimento dos controles e prevenção de riscos", acrescentou Green. A dívida de difícil cobrança (falta de pagamentos) do grupocresceu 26,22% no ano passado, a US$ 10,55 bilhões.Lucro mundialA empresa, que opera em Europa, Hong Kong, Ásia-Pacífico, Oriente Médio, América do Norte e América Latina, obteve um lucro antes de impostos no mundo todo de US$ 22,086 bilhões, 5,34% a mais que no ano anterior.Seu negócio na Europa, que representa um pouco mais de 30% do grupo, obteve um lucro antes de impostos de US$ 6,974 bilhões, 8,86% a mais que no ano anterior.Na Ásia e no Pacífico, sem contar Hong Kong, o lucro do banco cresceu 37%, para US$ 3,527 bilhões. A receita líquida do grupo chegou a US$ 54,793 bilhões no mundotodo, 9,95% a mais que no ano anterior, enquanto as despesas foram de US$ 33,553 bilhões, uma alta de 13,68%.O grupo HSBC fechou 2006 com um volume de créditos a clientes de US$ 868,133 bilhões, 17,32% a mais que no ano anterior.As comissões forneceram US$ 21,08 bilhões da receita do grupo HSBC, uma alta de 20,55%, enquanto seus ativos totais chegaram a US$ 1,86 trilhão.A empresa anunciou um quarto dividendo para 2006 de US$ 0,36 por ação, 16,1% a mais que no ano anterior e de acordo com as previsões.Os analistas já previam que a empresa compensaria os resultados adversos na América do Norte com uma boa notícia deste tipo para seus acionistas.As ações do HSBC caíram 14% desde novembro de 2006, quando os analistas já advertiam sobre o que poderia ocorrer em seu negócio americano de hipotecas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.