Grupo quer gastar R$ 320 milhões em novas aquisições

O Marfrig promete manter o ritmo de aquisições em 2008. A empresa já prometeu investir R$ 320 milhões ao longo deste ano em compras. A disposição de adquirir ativos, no entanto, não foi suficiente para segurar o valor das ações. Desde quando foi lançada, em junho, a ação já perdeu 15% do valor. Segundo Pedro Galdi, analista do ABN Amro, a decisão da União Européia de restringir regiões fornecedoras no Brasil e a entressafra no Brasil derrubaram o papel. A empresa fechou o ano com um valor de mercado de R$ 3,1 bilhões, perda de mais de R$ 500 milhões em seis meses. Galdi diz que o papel deverá se recuperar no médio e longo prazo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.