bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Grupo 'X' no vermelho

Das seis empresas de capital aberto do grupo EBX, quatro já divulgaram o resultado do primeiro trimestre. Juntas, OGX, MPX, MMX e CCX somaram um prejuízo de R$ 1,1 bilhão nos três primeiros meses do ano. A petroleira de Eike e a mineradora MPX são as maiores responsáveis pelo rombo nas contas do grupo.

O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2013 | 02h09

Desde o ano passado, o empresário vem enfrentando uma crise de confiança no mercado que só tem se agravado após a divulgação dos resultados das empresas. Há dois meses, já sob pressão, Eike firmou um acordo com o banco BTG Pactual de André Esteves, que começou a prestar uma espécie de "consultoria" para a EBX. Uma das principais tarefas do banco de investimentos é negociar uma série de ativos do grupo no mercado. Parte da MPX foi vendida aos alemães da E.ON e blocos da OGX para estatal Petronas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.