Grupos anunciam investimentos de R$ 1,3 bi em cana-de-açúcar

Três empresas assinam na segunda-feira protocolos de intenção para instalar quatro usinas em MG

Raquel Massote e Gustavo Porto, da Agência Estado,

19 de outubro de 2007 | 13h37

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais informou nesta sexta-feira, 19, que os grupos Santa Elisa Vale, a Companhia Energética do Vale São Simão e a Central Energia Monte Alegre de Minas, assinam na próxima segunda-feira protocolos de intenção para investir R$ 1,3 bilhão no Estado, com a instalação de quatro novas usinas de açúcar e álcool. Nesta sexta, em Tanabi (SP), o presidente da Maubisa, Maurílio Biagi Filho, informou que a empresa e o Grupo Paro pretendem construir uma unidade no município de Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro, com investimento inicial previsto em R$ 200 milhões. De acordo com ele, a unidade deve começar a ser construída em 2010 e atingir capacidade máxima de moagem de 2 milhões de toneladas de cana-de-açúcar em 5 anos. Ainda segundo usineiro, a intenção dos investidores é atrair um terceiro grupo durante o desenvolvimento do projeto.  Os demais projetos serão detalhados durante entrevista coletiva, prevista para às 10h30 de segunda-feira, no Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), com as presenças do vice-governador de Minas Gerais, Antônio Augusto Anastasia, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcio de Lacerda, e representantes dos grupos.

Tudo o que sabemos sobre:
Cana-de-açúcar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.