ANDRE COELHO/ESTADAO
ANDRE COELHO/ESTADAO

Guedes cita dados do IBGE na CCJ: '15,6% é população rural, 34% são aposentados rurais'

O ministro da Economia, Paulo Guedes, mencionou dados do instituto para ilustrar as disparidades no sistema previdenciário e defender proposta do governo

Lorenna Rodrigues, Adriana Fernandes e Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2019 | 17h56

BRASÍLIA - Depois de o presidente Jair Bolsonaro questionar as pesquisas do IBGE, o ministro da Economia, Paulo Guedes, citou dados do instituto para ilustrar as disparidades na Previdência Social. Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Guedes afirmou que 15,6% da população é rural, enquanto 34% das aposentadorias são rurais.

Na audiência, Guedes disse que a discussão sobre o sistema de capitalização está aberta e que será feita uma transição "lenta e gradual". "Ninguém propôs o desmanche do sistema atual. A transição é lenta, gradual, jovem por jovem", afirmou, em resposta à deputada Talíria Petrone (PSOL- RJ), que disse que a reforma é um desmanche da Previdência Social.

Ele lembrou que o nível de desemprego é alto entre jovens e defendeu que não haja encargos trabalhistas nos empregos nessa fase inicial. "Nada impede que, lá na frente, você coloque. Está em aberto, você pode colocar empresas (para contribuir) e finalmente colocar uma camada de repartição em cima", completou.

Ele defendeu a desconstitucionalização parâmetros previdenciários, mas disse que não se trata de redução de direitos. "Nem a Venezuela nem a Bolívia têm parâmetros previdenciários na Constituição. Os senhores precisam trabalhar em cima de informações melhores", afirmou, rebatendo críticas da oposição.

Ao vivo

Acompanhe em tempo real a participação do ministro Paulo Guedes na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.