Olivier Douliery/AFP - 25/11/2019
Olivier Douliery/AFP - 25/11/2019

Guedes deixa de mencionar câmbio, mas muda discurso sobre mix de política econômica

Ministro da Economia apontou que a composição da política econômica é 'política fiscal apertada e monetária frouxa'

Ricardo Leopoldo, enviado especial, e Beatriz Bulla, correspondente, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2019 | 14h39

WASHINGTON - O ministro da Economia, Paulo Guedes, alterou o discurso sobre a composição do mix de política econômica que mencionou durante entrevista coletiva dada na segunda, 15, na qual também citou o dólar a R$ 4,20 como normal, o que resultou em aumento da pressão no mercado de câmbio nesta manhã. Com os comentários, a cotação do dólar abriu em forte alta e, ao se aproximar de R$ 4,27, gerou resposta do Banco Central, com intervenção.

Também em Washington, Guedes apontou que a composição da política econômica é "política fiscal apertada e monetária frouxa", enquanto, anteriormente, tinha destacado que o mix era por juro de equilíbrio mais baixo e câmbio neutro mais alto, em palestra no Peterson Institute for International Economics. Na palestra desta terça, o ministro não fez nenhuma menção a câmbio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.