Osman Orsal/Reuters - 2/10/2015
Osman Orsal/Reuters - 2/10/2015

Guerra na Ucrânia: AIE fará reunião sobre consequências do conflito na oferta de petróleo

Agência avaliará medidas papel para estabilizar os mercados de energia

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2022 | 13h50

O diretor executivo da Agência Internacional de Energia (AIE), Fatih Birol, anunciou nesta segunda-feira, 28, no Twitter que haverá uma reunião extraordinária do grupo, em nível ministerial.

A pauta discutirá o impacto da invasão da Rússia na Ucrânia sobre a oferta de petróleo e "como os membros da AIE podem ter um papel para estabilizar os mercados de energia", disse ele. 

Os Estados Unidos e outras grandes nações consumidoras de petróleo estão considerando liberar 70 milhões de barris de petróleo de seus estoques de emergência à medida que os preços da commodity aumentam.

Os EUA informaram a Arábia Saudita para garantir que o líder de fato da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não reaja à medida interrompendo os aumentos de produção planejados.

* Com informações da Dow Jones Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoRússiaUcrânia [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.