GVT investirá R$ 408 milhões em fase inicial na capital paulista

Segundo a empresa, serão construídos 240 mil acessos de voz e banda larga

Agência Estado

25 de outubro de 2010 | 18h23

A GVT anunciou nesta segunda-feira, 25, ter firmado protocolo de intenções com a Prefeitura de São Paulo para iniciar a implantação de sua rede na capital paulista. Nas obras serão investidos R$ 408 milhões na fase inicial, para construção de 240 mil acessos de voz e banda larga. Conforme comunicado à imprensa, o plano da GVT é iniciar os trabalhos em janeiro de 2011, com uma equipe de 1.940 colaboradores, entre empregos diretos e indiretos.

Participaram da assinatura do protocolo de intenções o prefeito Gilberto Kassab, o presidente da GVT, Amos Genish, e o presidente do grupo controlador, a Vivendi, Jean Bernard Lévy, entre outros executivos. A empresa atende na capital paulista desde 2004 apenas no segmento corporativo. Em julho deste ano lançou operações para o mercado residencial em Sorocaba e Jundiaí.

Tudo o que sabemos sobre:
telefoniabanda largaGVTSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.