finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Há indícios de petróleo no subsolo de Minas Gerais

No subsolo de Minas Gerais há indícios de petróleo e o Estado pode ter áreas disponíveis para a exploração já nos próximos leilões da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O anúncio foi feito em evento em Belo Horizonte na noite de ontem pelo embaixador Sebastião do Rêgo Barros, diretor geral da agência reguladora, que está deixando o cargo em 15 de janeiro, com o final de seu mandato.O embaixador foi a Minas para encontrar o governador Aécio Neves (PSDB), de quem espera obter ajuda financeira para concluir as pesquisas na região da Bacia do Rio São Francisco. Segundo Rêgo Barros, o contingenciamento de recursos da ANP está impedindo a realização de pesquisas em novas fronteiras de exploração do óleo e do gás no País. Se o apoio financeiro não vier diretamente, argumentou, "Aécio Neves pode usar sua influência política" para garantir estes investimentos no orçamento de 2005 da agência reguladora. A assessoria de imprensa do governador afirmou que ele já entrou em contato com a ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, para discutir o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.