finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

''Há mesmo uma bolha no setor de tecnologia''

Com o crescimento acelerado da valorização de empresas como o Facebook e o Twitter, muitos têm dito que está surgindo uma nova bolha de tecnologia. "Está mesmo", disse David Roux. "Sempre que surge uma tecnologia importante, surge também uma bolha. Foi assim com as ferrovias, com os carros, com a TV, com o computador, com a internet e agora com as redes sociais. Sempre há um certo exagero."

, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2011 | 00h00

Para ele, é preciso ser disciplinado como investidor. "Entre 2005 e 2007, quando o mercado de tecnologia estava aquecido, vendemos mais que investimos. Quando o mercado caiu, em 2008, e todo mundo ficou com medo que as empresas falissem, começamos a investir mais." Apesar de tudo, disse, as bolhas são boas. ''O modelo de negócios vencedor aparece mais rápido quando existem 300 empresas disputando o mesmo mercado."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.