Há movimento internacional de valorização do dólar, diz Mantega

Moeda norte-americana fechou quarta-feira em alta de 0,89%, cotada a R$ 2,269

Eduardo Cucolo e Laís Alegretti, da Agência Estado,

03 de julho de 2013 | 17h36

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou na tarde desta quarta-feira, 3, que há um movimento internacional de valorização do dólar. O fenômeno, diz, atinge principalmente países emergentes e exportadores de commodities.

Ao comentar a cotação da moeda norte-americana no Brasil, Mantega afirmou que outras moedas desvalorizaram-se mais que o real nas últimas 24 horas.

Nesta quarta, o dólar à vista no balcão fechou o dia em alta de 0,89%, cotado a R$ 2,269.

"Temos que esperar a adaptação às novas condições criadas pelo banco central americano", disse. O ministrou frisou que o Brasil também está "neste barco" e disse que o mercado financeiro internacional tem exagerado em alguns momentos, ao tentar antecipar os movimentos do BC norte-americano.

"Os mercados até exageram, porque antecipam os movimentos. Em algum momento, isso vai sofrer acomodação, porque significará juros mais altos dos Treasuries, e os capitais vão se posicionar perante a possibilidade de lucro em vários países", acrescentou.

Questionado sobre o anúncio, pelo governo, de um corte adicional do orçamento em 2013, Mantega disse apenas: "não sei". As afirmações foram feitas por Mantega ao retornar ao Ministério da Fazenda após reunião com a presidente Dilma Rousseff.

Antes do encontro com Dilma, Mantega recebeu em seu gabinete a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarmantega

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.