carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Há questionamento jurídico sobre dívida da Sadia, diz Furlan

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, que participa da oitava Conferência Latino Americana da Indústria Alemã, comentou sobre a inclusão da Sadia na lista dos maiores devedores do INSS, divulgada pelo governo. ?Estou aposentado desde o dia 20 de dezembro, quando recebi o convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva", disse o ministro a jornalistas. De acordo com ele, a diretoria da Sadia, da qual foi presidente do Conselho de Administração, tem condições de dar as devidas explicações. ?O que eu sei é que foi enviada uma correspondência ao ministro Ricardo Berzoini (Previdência), a qual diz que (a Sadia) não é devedora do INSS. Tomei conhecimento desta correspondência enviada ao ministro por meio da imprensa?, afirmou. Segundo ele, ainda existem vários questionamentos jurídicos no caso da Sadia, que dependem de decisões definitivas. ?Já existem decisões em instâncias superiores, em processos anteriores, dando ganho de causa à empresa. Na minha avaliação, é uma acusação indevida.?

Agencia Estado,

15 de maio de 2003 | 11h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.