Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Haddock Lobo lidera ranking de valorização

Nenhuma área comercial de luxo teve valorização maior no ranking 2010 da Cushman & Wakefield sobre as áreas comerciais mais caras do mundo do que a Rua Haddock Lobo, nos Jardins, em São Paulo. Com um aumento de 92% nos preços dos imóveis, o local deixou para trás "concorrentes" de todo o mundo. Mesmo áreas "classe A" próximas, como a Oscar Freire e a Alameda Lorena, ficaram bem para trás, com valorização da ordem de 20% ao longo do último ano. Para Mariana Hanania, da Cushman & Wakefield, a escassez de imóveis no local é a principal razão da diferença: "É uma área de referência para o luxo. Uma loja que não tiver espaço no Iguatemi pode funcionar nos Jardins. E a marca que já estiver (no Iguatemi) tem ali uma segunda opção."

, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.