Heineken eleva oferta para comprar fatia na Asia Pacific Breweries

A companhia holandesa vai pagar agora US$ 5,6 bilhões de Cingapura (cerca de US$ 4,5 bilhões), acima do valor proposto anteriormente

O Estado de S. Paulo,

18 de agosto de 2012 | 16h14

A fabricante de cerveja holandesa Heineken NV elevou o valor ofertado para comprar a participação total que a sua parceira Fraser & Neave detém na joint venture Asia Pacific Breweries (APB) em uma estratégia para se contrapor a outras companhias interessadas no controle de um dos negócios mais rentáveis de cervejas da Ásia.

A companhia holandesa vai pagar agora US$ 5,6 bilhões de Cingapura (cerca de US$ 4,5 bilhões), acima do valor proposto anteriormente de US$ 5,3 bilhões de Cingapura, e recebeu o comprometimento do conselho da Fraser & Neave de que não solicitará nem acatará outras propostas de compra pela Asia Pacific Breweries, fabricante das cervejas Tiger.

A decisão da Heineken de aumentar o valor ofertado no mês passado ocorre após o companhias pertencentes ou relacionadas ao bilionário tailandês Charoen Sirivadhanabhakdi cortejarem a APB, apresentando uma oferta não solicitada para a aquisição da fatia de 7,3% que a Fraser & Neave possui na ABP. A Fraser & Neave é um conglomerado de Cingapura que atua em segmentos e atividades que vão do setor imobiliário ao de cervejas.

Tudo o que sabemos sobre:
Heinekencerveja

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.