Heineken planeja lançar bebida para mercados muçulmanos

A cervejaria holandesa Heineken disse que planeja lançar uma bebida não-alcoólica à base de malte em mercados muçulmanos em todo o mundo, informou a BBC em seu site na Internet. Uma bebida com sabor de frutas, a Fayrouz, já é popular no Egito. Agora a Heineken pretende usar sua capacidade de marketing para lançar a Fayrouz na Índia e em comunidades muçulmanas no Reino Unido, Alemanha, Holanda e França. "Essas comunidades são grandes e se lançarmos um produto sério, estou certo de que isso iria atraí-las", disse o executivo-chefe da companhia, Thony Ruys. "Estamos aprendendo com a experiência no Egito e agora podemos fazer um lançamento maior", acrescentou ele. A Heineken adquiriu a Fayrouz no ano passado, quando comprou a única cervejaria do Egito, a Al Harham Beverages Co., em acordo de US$ 280 milhões. Não é produzido álcool durante a fabricação da Fayrouz, o que a torna adequada para os muçulmanos.

Agencia Estado,

07 Julho 2003 | 12h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.