Hidrovia registra recorde histórico

O Departamento Hidroviário (DH) de São Paulo, órgão vinculado à Secretaria de Estado dos Transportes, registrou na Hidrovia Tietê - Paraná recorde de quantidade de cargas transportadas no mês de maio, sendo que comparado ao mesmo mês de 2002 o aumento foi de aproximadamente 42%. Passaram pela hidrovia cerca de 290 mil toneladas de produtos agrícolas, número este que representa o maior movimento mensal registrado desde o início de seu funcionamento em 1980.De janeiro até o momento, os produtos como soja, farelo, óleos vegetais e cana-de-açúcar, totalizaram 622 mil toneladas transportadas, o que corresponde a um transporte acumulado de 10% a mais em relação à mesma época do ano passado.?Esses 10% de crescimento no transporte hidroviário acompanhou o grande crescimento das safras agrícolas. Para isso é necessário um maior investimento no transporte hidroviário e outros modais, além da preocupação na integração entre eles, ou seja, a intermodalidade, base do Plano Diretor de Desenvolvimento dos Transportes. A efetivação dessas ações é que poderá tornar o nosso produto mais competitivo, melhorando as condições econômicas não só do Estado de São Paulo como do Brasil?, afirma o secretário de Estado dos Transportes, Dario Rais Lopes.Os melhoramentos da via contribuem para dar credibilidade a esse modal e permite, com mais segurança, o transporte de maior capacidade de carga. Os investimentos realizados pelo Governo do Estado incentivam o uso e a importância da infra-estrutura que está sendo implantada no Estado, provocando um maior interesse da iniciativa privada, que além de aumentar a quantidade de cargas transportadas, também, investe na ampliação de suas frotas e terminais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.