Hillshire retira recomendação por acordo sobre Pinnacle

A Hillshire Brands disse que irá retirar sua recomendação para que seus acionistas votem pela aquisição da Pinnacle Foods, seguindo a oferta da Tyson Foods para comprar a Hillshire.

REUTERS

16 de junho de 2014 | 09h35

A Tyson, maior processadora de carnes dos Estados Unidos, disse na semana passada que iria comprar a Hillshire por 63 dólares por ação, dando à empresa um valor de 8,55 bilhões de dólares.

A Hillshire disse que não tem o direito de encerrar o acordo de fusão com a Pinnacle Foods com base na oferta da Tyson Foods.

A companhia espera fazer uma assembleia de acionistas em agosto. A empresa terá o direito de terminar a fusão com a Pinnacle em 12 de dezembro, independentemente do voto dos acionistas ocorrer.

(Por Sruthi Ramakrishnan em Bangalore)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMDSHILLSHIREPINNACLE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.