Estadão
Estadão

Hipermercado é mais barato e compra pela internet é mais cara

Pesquisa da Proteste mostra vantagem para quem compra nos mercados gigantes e desvantagem para quem pede as compras pela internet

O Estado de S. Paulo

08 Dezembro 2014 | 10h25


SÃO PAULO - Os hipermercados se mostraram mais baratos em relação aos demais tipos de estabelecimentos na maioria das 19 cidades pesquisadas pela Proteste no levantamento sobre os supermercados mais baratos do Brasil por região. 

A rede Atacadão se destaca como a mais barata na maioria das cidades onde se encontra.Das 19 cidades, o Atacadão tinha o melhor preço em 8 delas.

A pesquisa constatou que comprar diretamente no supermercado sai mais barato do que fazer a compra no mesmo local pela internet.

Para todas as 5 cidades pesquisadas, as lojas físicas se mostraram mais baratas em relação as lojas online. 

No Pão de açúcar  de Brasília, se o consumidor optar pela compra online ele vai desembolsar 11% a mais do que se for pessoalmente até a loja. Para comprar 104 produtos líderes de venda na loja física do supermercado Princesa, ao invés da loja online, além de economizar os 11% ele não precisará pagar a taxa de entrega que varia entre R$ 11,90 e R$ 14,90. Em São Paulo a diferença no Pão de Açúcar entre loja física e online  é de 6%.

O levantamento da Proteste foi feito em 1.278 pontos de venda, distribuído entre hipermercados, supermercados e lojas de descontos, totalizando cerca de 247 mil preços recolhidos e analisados.

As regiões de abrangência da pesquisa foram Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Goiás, Distrito Federal, Espírito Santos, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Em alguns estados, a pesquisa inclui outras cidades de destaque além das capitais. Em Pernambuco, o levantamento inclui Olinda e Jaboatão dos Guararapes. Em São Paulo foram incluídas Guarulhos e Campinas.

Mais conteúdo sobre:
ProtesteSupermercadosPreços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.